quinta-feira, 3 de março de 2016

POEMA MAR DA SAUDADE




MAR DA SAUDADE
 
Amar com ansiedade
 Doce mar a embrumar
Mar da saudade
Vida de amor a perfumar
Desejar a beldade,
Marulhar a inflamar
Beleza de profundidade,
Búzio da beleza escutar,
Enfrentar a continentalidade
Rodear o espumar,
A sua diversidade
Fidelidade a aprumar
Desejo em continuidade
Espera a alfazemar,
Esperança de copiosidade
Mundos a diplomar,
Atingindo a objectividade,
Tendente a tudo legitimar
Com veracidade
Para além do oceano, do mar
Mar da saudade.
 
Daniel Costa
 
 

1 comentário:

  1. Sempre lindos teus poemas,Daniel! abração, ótimo fds! chica

    ResponderEliminar